Nós usamos cookies para nos ajudar a entender os visitantes do nosso site. Para que possamos melhorar o nosso site, produtos, serviços e marketing.

Se continuar sem alterar as suas configurações, vamos pressupor que está satisfeito em receber todos os cookies que estão no site da Yamaha. No entanto, se desejar, pode alterar as configurações de cookies a qualquer momento. Para saber mais sobre os cookies relacionados com o nosso site, a forma como os utilizamos e os seus benefícios, por favor leia a secção "Como a Yamaha usa os cookies" no site da Yamaha.

 

A equipa italiana de Deus Ex Machina Itália preparou a Yamaha XJR 1300 para criar uma moto personalizada com design minimalista

O ano passado a Yamaha lançou um conceito totalmente inovador que desafiava os talentosos preparadores de motos a transformarem as atuais Yamaha em "Especiais Yard Built". Cada preparador teve a oportunidade de criar peças únicas destinadas aos clientes Yamaha, permitindo a cada um deles criar a sua própria moto e realizar dessa forma as suas próprias ambições. Inspirado por este espírito de desafio, Deus Ex Machina, preparador mundialmente conhecido, especialmente pelo sua enorme criatividade foi assim o responsável pela Yard Built Yamaha – projeto X.

Deus Ex Machina, que significa Deus da máquina, é tão conhecido pelo seu trabalho como pelo prazer de se divertir. Com trabalhos por todo o mundo, Austrália, América, Indonésia, Itália, Deus partilha a mesma paixão da Yamaha , a personalização dos veículos de duas rodas. A colaboração entre Deus e a Yamaha era apenas uma questão de tempo. Com o objetivo de celebrar a cultura da criatividade, transformar um motociclo Yamaha em algo verdadeiramente único era o resultado que se previa. Esse momento chegou com o Projeto X...

Para nós, a Yamaha XJR 1300 é uma máquina intrigante e muito interessante para trabalhar. Olhámos para ela e pensámos …o que se esconde por debaixo da pele desta moto musculada ?" disse-nos Alessandro Rossi de Deus Ex Machina Itália. "A nossa inspiração surge das máquinas lendárias de competição dos finais dos anos 70 e 80 cujo design na altura era primordial para se ganhar corridas. Decidimos que era necessário tirar algum peso da XJR de forma a criar uma moto naked que orgulhosamente mostrasse o seu coração – o motor de 1251 cc , arrefecido a ar – e ao mesmo tempo com design agressivo. "

Quando começámos a tirar a carroçaria da XJR e seus acessórios, reparámos que ela de fato tinha um ar agressivo, tal qual um bulldog com grandes ombros. Decidimos então acentuar esta impressão colocando-lhe um guiador mais largo e fazendo uma carroçaria à mão , em alumínio. Luca, Filippo Bassoli, e a nossa equipa de preparadores de motos passámos longas horas a aperfeiçoar o design, a trabalhar o depósito, as tampas laterais e o capot para conseguirmos dar-lhe uma silhueta perfeita, que melhor mostrasse o caráter da XJR."

Quando finalmente conseguimos o que queríamos quanto ao design, utilizámos por fim uma pintura especial. Demos-lhe o nome de "sombra transparente", porque nem é preta, nem castanha, mas sim uma mistura destas duas. A cor é muito especial, visível com qualidades transparentes em que o aluminio aparece de todos os ângulos. A cor nunca é a mesma, é uma pintura estranha e muito bela que varia conforme a luz do sol."

Embora nunca nos tenhamos esquecido de que era uma moto desenhada para prestar homenagem às verdadeiras motos de enduro, tínhamos a noção de que era necessário ser realistas quanto ao que se pretendia quanto ao equipamento. Colocámos uma suspensão Öhlins de elevada qualidade, travões radiais e embraiagem Brembo , um escape em titânio , pneus Pirelli e rodas em Marvic Streamline Magnesium. Embora tivesse sido tentador manter as cores vivas das suspensões Öhlins, não ficava muito bem com o seu novo estilo e optámos por pintar de preto para torná-los menos visíveis. A nossa moto é uma street fighter agressiva que gosta de se esconder nas sombras e não mostrar-se demasiado.

Para finalizar o look desta moto, faltavam alguns retoques. O assento está coberto com uma mistura de couro nos lados e camurça em cima, como uma moto de corrida. Esta combinação permite que o piloto possa agarrar-se melhor ao assento, ficando mais estável e seguro quando em aceleração. É também mais estreito o que faz com que seja possível ver perfeitamente o motor. Retirámos o velocímetro e deixámos apenas o conta rotações tal como uma verdadeira máquina de corrida."

E depois por fim faltava encontrar o nome. A Yamaha pediu-nos que transformássemos uma moto em segredo total, portanto só havia um nome possível : Projeto X…

Se o Projeto X representa uma moto fora do normal, esperamos que sirva de inspiração a todos os proprietários das XJR que querem modificar e personalizar as suas motos tornando-as em algo ainda mais especial. Para os ajudar a realizar esse sonho, no Salão EICMA de 2013 em Novembro vamos revelar um « kit » deste Projeto X que, sob o verdadeiro espírito Yard Built, será composto por elementos comercializados por Deus. E haverá ainda mais surpresas. O entusiasmo e gosto em fazer esta transformação que este Projeto X serviu-nos de inspiração para inventar uma outra moto. Ainda nao posso revelar nada sobre este novo projeto apenas que, está ainda mais ligado ao universo das pistas de endurance do que o Projeto X…

Deus Ex Machina pode ser contatado através do seu website http://it.deuscustoms.com/