Está prestes a deixar este website. Tem a certeza?

Concordo, proseguir

A Minha Melhor História com a Yamaha

Ben Spies

ben_spies

Durante a sua carreira, Ben Spies teve sucesso em todos os locais que visitou. Depois de defender a série AMA Superbike e Superstock, o americano deixou os Estados Unidos para se juntar ao Campeonato Mundial de Superbike da FIM em 2009, e venceu devidamente o primeiro título de pilotos da Yamaha na sua primeira tentativa.

Nascido em Memphis, Tennessee, Spies já ganhava campeonatos nacionais de 600cc aos 14 anos, e no ano seguinte, em 2000, juntou-se à série AMA 750 Superstock, impressionando o suficiente para ganhar um AMA Horizon Award por corridas de estrada, dado aos jovens talentos mais promissores.

A sua primeira vitória como profissional surgiu no ano seguinte numa corrida AMA 750 Superstock em Pikes Peak, antes de conquistar o título de estreia em  2003, no campeonato AMA Formula Xtreme com motos de 1000cc, tendo também feito sua estréia nas Superbikes.

Em 2006, Spies entrou na sua segunda temporada na AMA Superbikes e conquistou 10 vitórias, ultrapssando o seu companheiro de equipa mais experiente para o título dos pilotos. Spies reivindicou um segundo campeonato da AMA Superbike no ano seguinte, também dominando a série AMA Superstock, antes de conquistar três títulos de primeira classe consecutivos em 2008.

Mostrando ser uma promessa nas suas três aparições no Motogp em 2008, onde conseguiu o sexto lugar na Indianapolis Motor Speedway, a Yamaha assinou com o piloto para o Campeonato do Mundo de Superbikes em 2009 e ficou claro que o americano iria desafiar o título na sua temporada de estreia.

Pilotando a atualizada Yamaha R1 na ronda de estreia em Philip Island, a sua primeira visita ao circuito australiano, Spies assumiu a pole position e passou a ganhar a segunda corrida, seguindo com uma vitória dupla em apenas no seu segundo fim de semana no Worldsbk no Qatar.

Vitória sensacional de Spies em Assen


Depois de perder a vitória em Valência na terceira ronda, Spies estava determinado em voltar às vitórias quando o Campeonato Mundial de Superbike seguiu para uma das pistas mais emblemáticas do circuito mundial - Assen.

Mais uma vez, Spies foi o mais rápido na qualificação. Nos estágios iniciais da corrida, Spies manteve-se firme na liderança de Max Neukirchner, que seguia colado na sua cauda.

A sua condução defensiva viu a antiga estrela da Yamaha Noriyuki Haga fechar a porta, antes de Neukirchner sair da disputa a meia distância. Uma disputa triunfal pela liderança seguiu-se, depois o piloto britânico Leon Haslam também entrou na luta a faltar 10 voltas para o fim.

Spies foi longe no gancho da curva 5, caindo para o terceiro lugar, mas nem Haga nem Haslam puderam ganhar alguns segundos, enquanto o trio continuava lutando pela liderança. Faltando três voltas para o fim, Spies e Haslam estavam envolvidos numa batalha épica, passando lado a lado nas curvas 6, 7 e 8, antes que o americano passasse para a liderança.

Um sector final forte viu Spies fechar nas costas de Haga antes da última volta. Spies fez a sua jogada com um ultrapassagem sensacional nas voltas 13 e 14 e aguentou conseguindo uma vitória memorável.

Esta vitória marcaria o passo para as próximas rondas da temporada do Campeonato do Mundo de Superbikes de 2009, com Spies conquistando 14 vitórias e 11 poles positions a caminho do título, a primeira e até agora apenas a única vitória Yamaha no WorldSBK.

A sua prestação conquistou a vaga para piloto em tempo integral na equipe Tech 3 Yamaha no MotoGP, onde permaneceu por três temporadas entre 2010 e 2012, conquistando uma vitória emocionante no Grande Prêmio da Holanda em Assen, antes que preocupações persistentes com lesões levassem à sua retirada prematura da competição.



©Yamaha Motor Europe N.V. / Yamaha Motor Co., Ltd.

As informações e/ou imagens nestas paginas do nosso website não poderão ser usadas para fins comerciais ou não comerciais sem o consentimento explícito por escrito da Yamaha Motor Europe NV e / ou Yamaha Motor Co. Ltd. Conduza sempre com segurança e obedeça às leis do código da estrada.

#MinhaHistoriaYamaha