Está prestes a deixar este website. Tem a certeza?

Concordo, proseguir

A Minha Melhor Memória com a Yamaha

Hakan Andersson

hakan_andersson

Em 1973, um ano após a Yamaha ter entrado pela primeira vez no Campeonato Mundial de Motocross da FIM, Hakan Andersson levou o recém-desenvolvido YXM250 para o primeiro título histórico mundial da marca, ganhando as honras da classe 250cc.

Antes de alcançar o topo da competição, a estrela sueca Andersson já se tinha  estabelecido como o melhor piloto do Campeonato Mundial de Motocross da FIM. Em 1966, após subir no ranking do seu país de origem, Andersson fez uma estreia brilhante no GP na Suécia, terminando em terceiro lugar na sua primeira prova do campeonato mundial.

Embora um pneu furado o tirasse da disputa na segunda corrida, o potencial de Andersson era claro, e entrou na disputa do Campeonato Mundial de 1967 na classe de 250cc. O piloto nascido em Uddevalla terminou em sexto lugar na sua temporada de estreia e no ano seguinte ganharia o seu primeiro GP em Holice, Checoslováquia depois de uma vitória dupla na prova.

Infelizmente, em 1968, e estando no segundo lugar na classificação atrás de Joel Robert, Andersson partiu a perna direita no GP holandês e não voltaria em 1969, já que sua equipa o enviou para o campeonato Trans Am nos Estados Unidos para uma nova reabilitação.

Andersson retornou ao campeonato mundial em 1970, mas ainda não tinha  recuperado totalmente do seu incidente de 1968 e estava em 13º na classificação final.

Com as atenções viradas para o Campeonato Mundial de Motocross da FIM de 1971, Andersson estava perto da plena forma física, preparou-se e acabou por  terminar em segundo lugar, ajudando a equipa da Suécia a assumir o vice-campeonato no Trophée des Nations naquele ano, enquanto ele também foi coroado campeão sueco.

Foi então, antes da temporada de 1972, que a Yamaha anunciou que iria se juntar ao Campeonato Mundial de Motocross da FIM, correndo Andersson numa YZ637 na categoria 250cc. As vitórias começaram aparecer naturalmente, já que Andersson venceu o Grande Prêmio da Suécia e da Suíça para terminar em segundo lugar pelo segundo ano consecutivo.

Andersson dá à Yamaha o seu primeiro título mundial de motocross



Sempre em busca da inovação, a Yamaha introduziu a YZM250 durante a temporada de 1973, que incluiu um novo sistema de suspensão Monocross que fornece estabilidade extra, enquanto melhora a durabilidade.

Estes melhoramentos foram trazidos para a terceira ronda em Wuustwezel, Bélgica e Andersson rumaram para a primeira vitória GP da temporada na estreia da moto. Este impulso continuou nas duas rondas seguintes, já que o sueco fez três vitórias consecutivas em GP, obtendo o ouro no Grande Prêmio da Suíça e da Polônia em Payerne e Szczecin, respectivamente.


Vitórias em corridas na Jugoslávia (Orehova vas) e na França (Cassel) foram seguidas por outra vitória no Grande Prêmio da Finlândia em Hyvinkää, e correndo na sua casa na Suécia, Andersson estava à beira do título mundial.

Uma vitória dupla enfática e a sua quinta vitória na temporada em Ulricehamn viu Andersson ser coroado o Campeão Mundial de Motocross da FIM de 1973, a menos de duas horas do local onde cresceu.

No início da temporada seguinte, Andersson sofreu uma grave lesão nas costas, mas ainda conseguiu o sexto lugar no campeonato de 250cc. Ele também venceu o Motocross das Nações pela primeira vez com a equipe da Suécia no final dessa campanha.

Também foi vice-campeão na temporada de 1975, antes da Yamaha se retirar das corridas devido à crise do petróleo. Andersson continuou a disputar o campeonato de 250cc, subindo para a classe de 500cc em 1977 e obteve a vitória individual no Motocross of Nations naquele ano.

Durante este tempo, continuou a desfrutar do sucesso no campeonato nacional sueco, acrescentando aos seus títulos de 1971 e 1974, mais 3 títulos consecutivos  1977 e 1979. No total, Andersson conseguiu nove vitórias GP antes de se retirar do campeonato mundial no final da década de 1970.



©Yamaha Motor Europe N.V. / Yamaha Motor Co., Ltd.

As informações e/ou imagens nestas paginas do nosso website não poderão ser usadas para fins comerciais ou não comerciais sem o consentimento explícito por escrito da Yamaha Motor Europe NV e / ou Yamaha Motor Co. Ltd. Conduza sempre com segurança e obedeça às leis do código da estrada.

#MinhaHistoriaYamaha