Está prestes a deixar este website. Tem a certeza?

Concordo, proseguir

A Minha Melhor História com a Yamaha

Valentino Rossi

valentino_rossi

Valentino Rossi não é apenas nove vezes campeão mundial em provas Grande Prémio. O italiano é considerado um dos maiores desportistas de todos os tempos, com sua influência indo muito mais além do paddock Motogp. 14 anos a defender as cores de fábrica Yamaha, trouxeram mais de 50 vitórias em corridas e quatro títulos, cimentando o seu lugar na história como o piloto mais bem sucedido da Yamaha.

Tendo começado nos karts, não demorou muito para que o Doutor seguisse os passos de seu pai Graziano nas corridas de moto, vencendo o campeonato regional de minimoto em 1992, aos 13 anos, antes de chegar ao topo das corridas de motos.

Rossi ganhou campeonatos italianos em 1995 e 1996, e também impressionou durante sua campanha no Campeonato Europeu de 125cc, terminando em terceiro na classificação dos pilotos, antes de entrar no palco mundial para a temporada de 1996.

A sua vitória no Campeonato Mundial de 125cc veio na República Checa naquele ano, e na sua segunda temporada, Rossi foi simplesmente imparável, vencendo 11 corridas para conquistar seu primeiro título mundial.

Subindo para o campeonato mundial de 250cc em 1998, Rossi perdeu por pouco o título contra muitos pilotos consagrados, mas voltou no ano seguinte com outra prestação dominante para conquistar o seu segundo título mundial.

Este feito fez com que subisse naturalmente para o campeonato mundial de 500cc na final d do século e não demorou muito até Rossi se tornar o tema principal nas corridas de moto. O italiano teve a sua primeira vitória notável em Donington Park e nesse ano e foi vice-campeão na classificação contra vários ex-campeões e lendas do desporto.

2001 marca o início da era Rossi e nessa temporada VR46 venceria 11 das 16 provas para ser coroado campeão mundial de 500cc. Em 2002, a classe de 500cc passaria a chamar-se Motogp, mas apesar da mudança de nome e da mudança de 500cc de dois tempos para 990cc a quatro tempos, não houve nenhuma mudança no topo. Rossi ganhou o título naquele ano e novamente em 2003, antes de iniciar sua longa parceria com a Yamaha.

Foi imediatamente uma combinação vencedora, como Rossi avançou para outro título em 2004, regressando de forma mais impressionante na temporada de 2005, levando para casa o seu quinto campeonato consecutivo com uma margem de 147 pontos para  segundo classificado.

Depois de perder os títulos de 2006 e 2007, Rossi voltou ao topo em 2008 e  bateu o seu recorde de mais pontos numa só temporada. No ano seguinte, o italiano enfrentou o companheiro de equipe da Yamaha, Jorge Lorenzo, pelo título, mas Rossi venceu a batalha da temporada para conquistar seu sétimo título na prova rainha do motociclismo.

Desde então, Rossi tem continuado a fazer o seu melhor, vencendo um total de 89 corridas de Motogp e esteve no pódio 198 vezes, um recorde.

A sensacional estreia de Rossi na Yamaha


Tendo se juntado à Yamaha para a temporada de 2004, a primeira tentativa de vitória de Rossi viria no início do campeonato na África do Sul, na Phakisa Freeway, perto de Welkom. Foi um começo promissor para The Doctor, como ele assumiu a pole position, colocando-o na disputa para se tornar o primeiro piloto a ganhar Grandes Prémios consecutivos com dois fabricantes diferentes.

À medida que as luzes se esvaneceram para a prova, Rossi fez a fuga perfeita para tirar a holeshot na corrida para o Turn 1. Rapidamente se transformou numa batalha em três frentes, enquanto Max Biaggi e Sete Gibernau tentavam desafiar a liderança de Rossi.

O trio continuou a trocar voltas mais rápidas, com Biaggi e Rossi trocando de lugar na frente da corrida, com Gibernau desaparecendo um pouco. Durante grande parte a meio da corrida, Rossi permaneceu na frente com a sua Yamaha YZR-M1 #46.

Com cinco voltas para terminar, parecia que Rossi poderia ter perdido a primeira vitória com a Yamaha para Biaggi, mas o italiano continuou a pressionar, acabando por ultrapassar o seu compatriota umas voltas mais tarde na curva 10.

A defesa robusta ao longo das últimas voltas provou a diferença e Rossi levou para casa uma vitória de estreia sensacional com a Yamaha. Nesta volta de vitória o italiano caiu ao lado da pista em frente a sua M1, numa mistura de emoção e exaustão.

©Yamaha Motor Europe N.V. / Yamaha Motor Co., Ltd.

As informações e/ou imagens nestas paginas do nosso website não poderão ser usadas para fins comerciais ou não comerciais sem o consentimento explícito por escrito da Yamaha Motor Europe NV e / ou Yamaha Motor Co. Ltd. Conduza sempre com segurança e obedeça às leis do código da estrada.

#MinhaHistoriaYamaha