Está prestes a deixar este website. Tem a certeza?

Concordo, proseguir

Rali Dakar arranca no Peru com um 1º dia entusiasmante

Rali Dakar arranca no Peru com um 1º dia entusiasmante

Com os olhos postos na equipa Yamalube Yamaha Rally e nos pilotos portugueses António Maio e Pedro de Mello Breyner assistimos ontem ao 1º dia do Rali Dakar.

A 41ª edição do Rali Dakar é a décima que se disputa na América do Sul a decorrer este ano exclusivamente no Peru. Neste 1º dia os concorrentes fizeram 330 quilómetros que ligaram Lima a Pisco e tiveram um troço de 84 quilómetros cronometrados para disputar.

Todos os pilotos do Yamalube Yamaha Rally completaram a fase de abertura do evento sem quaisquer problemas. Liderando os esforços da equipa nas dunas da América do Sul, esteve Adrien Van Beveren. Nesta etapa que levou os pilotos ao primeiro acampamento noturno na cidade de Pisco, Van Beveren fez o quarto melhor tempo da especial cronometrada do dia, a menos de três minutos do líder provisório.

O segundo piloto da Yamaha dentro do top 10 foi Xavier de Soultrait. O piloto da Yamalube Yamaha Rally teve um desempenho livre de erros na segunda-feira, o que o colocou em décimo lugar da classificação geral provisória do evento após a primeira etapa. O objetivo de Xavier para os próximos dias é permanecer a pouca distância dos líderes nos resultados gerais provisórios.

Retornando à ação competitiva após uma lesão na perna, Franco Caimi, teve um começo positivo ao garantir o 18º lugar nesta segunda-feira. Com o objetivo de encontrar gradualmente um bom ritmo de corrida, o argentino espera começar a subir na classificação geral.

Rodney Faggotter, altamente experiente, levou o seu tempo para se adaptar e terminou o a etapa com o 29º lugar. A gostar muito da última versão da WR450F Rally, o australiano espera continuar a aumentar a sua velocidade durante as próximas etapas.

António Maio, Capitão da GNR, que é também tetracampeão nacional de todo-o-Terreno, iniciou de forma muito positiva a sua participação no Rali Dakar. António Maio aos comandos da sua WR450F Rally conseguiu ser o quinto mais rápido entre os estreantes na prova das motos – os Rookies – e com um 40º tempo na etapa inaugural do Rali Dakar 2019.

À chegada ao bivouac o piloto da Yamaha Fino Motor Racing, inscrito com o número 75, revelou que “o dia correu muito bem. Foi uma jornada cumprida com calma, com percurso muito interessante. Não cometi erros e também não tive quaisquer percalços, o que foi muito positivo. A mota também está impecável. Vamos somente fazer uma breve revisão para arrancar para a segunda etapa nas melhores condições possíveis”.

Pedro de Mello Breyner contente com a primeira etapa, passou por um susto tremendo com final feliz. A dupla Pedro de Mello Breyner / Javier Uribe cumpriu ontem a 1ª etapa do Rali Dakar aos comandos do YXZ 1000R EXTRAMOTION, preparado pela Franco Sport com precaução.

Pedro de Mello Breyner revelou que “Quase no final da ligação que antecedia o setor seletivo o nosso carro de assistência, que seguia atrás de nós, mandou-nos parar porque estava um líquido a escorrer dos foles das transmissões. Detetado o problema e encontrada a solução partimos para o início do troço. Sabendo que a resolução do problema tinha sido provisória aproveitámos o troço para fazer um Shakedown mais longo e viemos a rolar calmamente. Vamos agora tentar resolver de forma definitiva o problema e preparar a máquina para que tudo esteja no seu melhor para a etapa de dia 8.”

No dia 8 de Janeiro, a caravana segue em direção a sul, deixa Pisco para rumar em direção a San Juan de Marcona em uma jornada que passará pelas mesmas dunas onde na última edição muitos favoritos foram forçados a abandonar a competição. A etapa de dia 8 terá 554 km, num total de 342 km cronometrados, num dia em que serão os carros a abrir pista e em que a navegação será bastante exigente.

Parabéns a todos! E força para esta extraordinária aventura.