Nós usamos cookies para nos ajudar a entender os visitantes do nosso site. Para que possamos melhorar o nosso site, produtos, serviços e marketing.

Se continuar sem alterar as suas configurações, vamos pressupor que está satisfeito em receber todos os cookies que estão no site da Yamaha. No entanto, se desejar, pode alterar as configurações de cookies a qualquer momento. Para saber mais sobre os cookies relacionados com o nosso site, a forma como os utilizamos e os seus benefícios, por favor leia a secção "Como a Yamaha usa os cookies" no site da Yamaha.

 

Kits de transmissão

Partilhar

Qualidade de transmissão genuína Yamaha

Nenhum outro tipo de corrente é obrigado a trabalhar em condições tão difíceis como a corrente de uma moto. Existem dois tipos de correntes para motociclos: corrente de origem (aberta) e corrente selada. A corrente de origem é normalmente usada em motociclos de pequena cilindrada, enquanto as correntes seladas são usadas em motociclos de grande turismo, de alta velocidade e carga, e modelos grandes. Ambos os tipos de correntes têm construção semelhante, no seu interior compreendido por placas internas, cavilhas elásticas e roletes juntos com outras placas e pinos. Correntes seladas são construídas com O-rings para vedar a lubrificação entre as cavilhas elásticas para maior resistência ao desgaste.
A diferença de qualidade entre duas correntes pode ser claramente vista no grau de alongamento causados pelo desgaste bem como a resistência á fadiga. Correntes de qualidade superior são caracterizadas pelos seguintes aspectos:

• Grande resistência ao desgaste,
• Grande resistência á fadiga,
• Grande resistência ao impacto e a grande tensão,
• Permanência de juntas flexíveis.

Rodas dentadas (Cremalheira e Pinhão de ataque)
As rodas dentadas dividem-se em dois tipos: Pinhão de ataque, que é montado no motor, e na cremalheira que é fixa á roda traseira. Estas duas rodas estão ligadas por uma corrente de transmissão. Tal como a corrente, as rodas dentadas estão continuamente sujeitos a uma força motriz, assim como o rápido impacto causado pela constante aceleração e desaceleração.

Sendo então capaz de resistir ao choque e ao desgaste, particularmente na área dos dentes. Por esta razão, tem sido usada informação acumulada ao longo dos muitos anos no desenvolvimento das rodas dentadas genuínas Yamaha, que oferecem óptima qualidade nos termos de design, materiais e desempenho. No que diz respeito ao tratamento térmico, por exemplo, a Yamaha usa um processo exclusivo de têmpera de alta-frequência na produção de rodas dentadas. Devido a este processo, as rodas dentadas da Yamaha têm uma dureza ideal. As superfícies que estão em constante contacto com a corrente são mais duras diminuindo a dureza na direcção do centro para uma maior resistência. A têmpera é o processo mais importante na determinação da durabilidade da roda dentada.

Combinação perfeita
Quando uma corrente selada é usada em conjunto com rodas dentadas feitas com materiais macios e sem a têmpera adequada, as rodas dentadas gastar-se-ão muito mais rapidamente que a corrente ocorrendo deformação nos dentes e causando danos na corrente aumentando o processo de alongamento. Pelo contrário, se usar uma roda dentada de alta qualidade Yamaha genuína com uma corrente de fraca qualidade facilmente danificará as rodas dentadas. Alem do mais, o desequilíbrio entre a corrente e as rodas dentadas dissipará a potência do motor e dará origem a ruído.                                                                                                                                           

Devido a esta extrema relação entre a transmissão, usar peças inapropriadas não genuínas causará um impacto negativo tanto na performance como na segurança. Deve então usar sempre transmissões de origem Yamaha e trocar sempre o conjunto completo

genuine-parts-chain-kits-diagram
genuine-parts-chain-kits-drawing